Carregando..

Sabe aquela história de que mulheres e finanças não combinam? Pura balela! A presença do sexo feminino em cursos considerados predominantemente masculinos só aumenta.

Cada vez mais, turmas de engenharia, física, economia e outras áreas de exatas se tornam mais equilibradas em relação ao gênero. Hoje, já detemos 47% das bolsas do CNPQ em ciência e tecnologia!

High-tech, games, mundo corporativo, laboratórios astronômicos. Nada mais é impossível para quem conseguiu quebrar as amarras do sexismo e dos estereótipos, o que se reflete no mercado de trabalho. Em 2017, segundo o Sebrae, o Brasil tem cerca de 7,9 milhões de empreendedoras.

Porém, ainda é cedo para falar que chegamos lá e viramos o jogo. Muitas mulheres desejam abrir o próprio negócio, mas têm medo dos números. E não tem como fugir deles mesmo: a matemática é fundamental para sobreviver no mundo business.

finanças, empoderamento feminino

A revolução dos números

Não dá para gerenciar nada sem saber fazer contas. Mesmo que sua empresa lide com temas distantes das finanças, você precisa delas para manter o negócio aberto. E, ao contrário do que muita gente pensa, é possível mudar sua relação com a matemática!

A gestão financeira está ao alcance de qualquer pessoa e é muito mais fácil do que parece. Procure maneiras simples de fazer as contas e organizar as informações de ganhos e gastos. Uma dica valiosa dos professores é imaginar os resultados de forma concreta, transpondo os números para a realidade. Assim, eles deixam de ser apenas números e se tornam a projeção dos seus lucros, a quantidade de unidades vendidas, os clientes que você tanto tenta alcançar.

Quer aprender a organizar as finanças da sua empresa? A estrategista de negócio Pamela Margarida te ensina como. Conheça o nosso Curso de Finanças para Pequenos Negócios. Clique aqui e saiba mais sobre o nosso curso online.

curso de finanças para pequenos negócios