Carregando..

A encadernação artesanal é uma atividade muito prazerosa de se realizar e gera resultados incríveis e únicos. Fazer seus próprios cadernos, além de uma atividade terapêutica também é ótimo pelas possibilidades de personalização! Você pode fazer seu material do jeito que você quiser, com objetivos específicos. Se você ficou com vontade de saber um pouco mais sobre ela, confira os materiais básicos para encadernação artesanal e já dê o primeiro passo para começar um novo hobbie:

Tesoura de tecido e tesoura de papel 

Estilete 

Régua 

Papel de Miolo 

O miolo do seu caderno pode ser de diversos tipos, só depende de qual atividade você quer realizar com ele. Aqui pode ser usado qualquer tipo de papel, papéis de variadas gramaturas e para diversos fins, como aquarela –  que requer um papel de gramatura mais grossa, gravura, desenho – um papel mais liso, lettering – preferência para os papéis pautados, para scrapbook – papéis coloridos, etc.Tecidos e até papelões também podem ser usados no miolo do seu caderno. 

Material para a capa 

Esse será o material do qual a capa será feita e pode ser coberto depois com o material de cobertura da capa. Geralmente o mercado usa o papel Paraná ou o Horler, porém é sempre incentivado utilizar outros materiais diferentes, desde outros papelões, EVA; MDF; madeira; couro e o que mais achar que o resultado pode ser interessante e criativo. 

Linhas 

A característica mais importante da linha para encadernação é que ela não se quebre facilmente. As linhas mais usadas são: Poliester Encerado; Algodão Encerado; Linha Ursa e Linha Pipa. Também podem ser usadas outras linhas enceradas com cera de abelha para garantir a resistência

Material da cobertura da capa

Aqui o mais importante é a sua criatividade e o seu planejamento para a peça. Normalmente são usados tecidos que não tenham elasticidade, couro e papéis. Mas você pode experimentar vários materiais, além de criar em cima da capa, com desenhos, colagens, pinturas, gravações, hotstamp, relevos e o que mais achar interessante. 

Veja também: Encadernação artesanal: conheça as principais técnicas 

Agulhas

O número das agulhas vai de acordo com a linha escolhida para o trabalho. Sempre é bom lembrar que agulhas mais finas são para trabalhos mais delicados e fólios mais finos e agulhas mais grossas, para costuras aparentes e fólios mais grossos (com mais papel ou papel de maior gramatura). 

Além desses materiais também existem diversos outros que podem ser utilizados para acabamentos diferentes na sua peça e para facilitar o processo da encadernação: 

Cantoneira 

A cantoneira é uma ferramenta utilizada para criar aquele canto arredondado no caderno.  Existem diversos tipos de cantoneiras e dos detalhes que elas possibilitam. 

Materiais básicos para encadernação artesanal

Imagem: viahobbie.com.br

Dobradeira

A dobradeira tem diversos usos na encadernação, mas ela pode ser substituída por espátulas de artesanato e pelas próprias mãos do artesão – como para vincar a dobra do papel. É recomendado comprar uma dobradeira de teflon, que é bem versátil e tem bons resultados.

Prendedores

Assim como a dobradeira, os prendedores são muito versáteis e podem ter vários usos na encadernação. Eles funcionam como uma ferramenta de apoio durante o processo. Também há formas de se adaptar com outros objetos.

Gostou de saber sobre os materiais básicos para encadernação artesanal? Assine agora o Clube Criativo e seja a primeira a ver a ver quando o curso de Encadernação for lançado 🙂