Carregando..

Outro dia, me peguei pensando sobre criatividade e em como ela deixou de fazer parte da minha vida ao longo dos anos.

Quando eu era pequena, ficava horas brincando, às vezes até mesmo sozinha. Gostava de desenhar e criar croquis (na época nem sabia que tinha esse nome), me sentia até uma estilista. Desenhando, eu criava personagens e dava-lhes vida. Montava roupinhas de boneca com retalhos de tecido. Me achava bastante talentosa e criativa. Tudo isso me dava muito alegria. E como eu gostava de inventar, criava histórias que envolviam meus pais e rendiam boas risadas.

criatividade, casa beta, cursos criativos

Durante a adolescência, percebi que fui perdendo um pouco disso, até mesmo por vergonha. Raramente pegava lápis e papel para desenhar algo, e os meus croquis da infância foram parar no fundo do armário. Ainda me interessava por moda e pelo processo de criação das roupas. Comprava e lia revistas de moda, mas no fim não me arriscava. E aquelas histórias tão criativas também ficaram para trás. Dessa forma, fui perdendo o estímulo e a vontade, fui achando que apenas as outras pessoas eram criativas.

A mulher dessa história é a Larissa. Hoje ela é adulta, mais ainda em constante busca do seu melhor. E, embora se sinta pouco criativa, ela deseja poder ter a criatividade incorporada na sua vida. Você se identifica com a história da Larissa? Quando foi a última vez que você se sentiu criativa e fez algo com as próprias mãos?

criatividade, casa beta, cursos criativos

Você já deve ter notado que a criatividade é o tema central dessa conversa. Penso que criar não é apenas dar origem a algo novo, como nos tem sido ensinado algumas vezes, mas é, sobretudo, dar sentido ao que somos. Devemos lembrar que nossas ações criam realidades e são potentes mecanismos de criação. Ao aprendermos uma nova habilidade nos sentimos livres por fazermos algo por nós mesmas, algo que é único, de forma autônoma e autêntica. Ficou inspirada?

Então que tal você criar uma peça de roupa exclusiva, organizar uma festa para família e amigos, dar aquele toque especial na decoração de sua casa ou, até mesmo, montar um negócio próprio? Se desafie a aprender algo novo e desenvolva novas habilidades. Criar é expressar seu estado de espírito para o mundo.

Que tal começar a exercitar a sua criatividade com os arranjos de flores? Baixe já o nosso e-book grátis e se inspire para criar composições florais autênticas.

E-book arranjos florais