Carregando..

O número de pessoas que trabalham de casa, parcial ou integralmente vem aumentando. O home office tem se mostrado bastante eficiente para melhorar a produtividade e tem atraído a atenção por oferecer mais flexibilidade à rotina.

Além disso, o home office é o destino de quem está começando com o próprio negócio.

Porém, trabalhar de casa exige bastante planejamento e controle. Afinal, é muito mais fácil procrastinar quando se está há alguns metros de sua cama, não é mesmo Pensando nisso, fizemos uma lista com 5 dicas para você que quer começar a trabalhar home office, mas não quer perder nada em produtividade.

É possível ter mais flexibilidade e liberdade sem perder o foco. Basta seguir algumas dicas de ouro!

1- Crie uma rotina

Pode parecer bobagem, porém possuir uma rotina é essencial para manter o ritmo de trabalho. Quando se trabalha de casa é fácil perder a noção das horas trabalhadas. Você pode dedicar mais tempo do que faria em um emprego convencional ou acabar procrastinando. Por isso, comece identificando em qual horário você é mais produtivo: manhã, tarde, noite ou madrugada.

O home office te permite essa flexibilidade de horário, então use-a a seu favor. Respeite os horários de início e término das atividades diárias. Inclua pausas para as refeições e pequenos intervalos entre uma demanda e outra.

É essencial também que você crie uma lista com as tarefas do dia. Assim você se organiza melhor e consegue otimizar o seu tempo.

Entenda que criar uma rotina, não implica em seguir regras rígidas. Você pode variar sempre que achar necessário. No caso do home office a criação da rotina ajuda seu cérebro a entender que hora de trabalhar e deixar de lado sua a Netflix, por exemplo.

2- Tenha um espaço de trabalho adequado

Se você quiser manter a produtividade, ter um local de trabalho é fundamental.

Caso tenha que dividir a casa com mais pessoas é preciso algumas estratégias para manter o foco:

  • Converse com quem mora com você, explique que precisa de silêncio e privacidade e peça a colaboração delas.
  • Defina um local onde será seu espaço e evite misturar ambientes de descanso e trabalho.
  • É sempre bom que esse local seja iluminado, organizado e confortável. Lembre-se de escolher os lugares menos movimentados da casa. Assim, você evita muitas interrupções.

3 – Tenha internet de boa qualidade 

Trabalhar remotamente te permite exercer sua profissão de qualquer lugar do mundo. Mas para poder garantir a produtividade é preciso uma boa conexão com a internet, seja ela fixa ou no celular.

Afinal, uma conexão lenta ou que te deixe na mão com frequência pode comprometer o seu trabalho. Se sua conexão não for boa, vale a pena escolher um plano melhor.

Dependendo das suas necessidades também será preciso investir em algum pacote de telefonia fixa ou móvel.

Se você possui CNPJ, uma dica é pesquisar planos empresariais e comparar com os pacotes para pessoa física. Dependendo da sua necessidade, eles podem sair mais baratos.

Os planos da Oi, por exemplo, possuem opções de telefonia e banda larga tanto para pessoa física, quanto empresas. Mas, nos pacotes empresariais ela também oferece um serviço de criação e hospedagem de sites.

Essa pode ser uma maneira de você economizar e ainda manter os serviços com uma única empresa, o que facilita no pagamento das contas. Porém, é importante colocar tudo na ponta do lápis para saber qual a opção com o melhor custo-benefício para você!

4- Aprenda a administrar suas finanças

Quando você inicia um trabalho home office  percebe que se torna responsável por todo o processo desde a produção até o controle financeiro. O seu serviço também é o seu negócio, sobretudo se você se posiciona no mercado como pessoa jurídica.

No caso do freelancer, principalmente, é essencial controlar as finanças, pois a renda pode variar de um mês para outro. Por isso, é preciso dispor de ferramentas que facilitem o controle financeiro.

Nessa hora a tecnologia pode te dar uma ajudinha. É possível encontrar diversos aplicativos que auxiliam no gerenciamento financeiro, que contam com versões gratuitas ou pagas, e podem auxiliar bastante. Especialmente, aqueles que não são muito fãs de finanças.

5- Evite a reclusão

Nós já falamos que quem trabalha em casa precisa de um espaço calmo para se concentrar. Porém, é preciso tomar cuidado para não se isolar socialmente.

Ter contato com outras pessoas te ajuda a ficar menos estressada, a ser mais criativa e ficar informada, além de gerar networking.

Por isso, reserve um espaço na agenda para passar um tempo com outras pessoas. Encontrar um amigo ou ir ao shopping, por exemplo, ou quem sabe trabalhar de um lugar diferente. É preciso manter a interação social. Sua saúde mental agradece.

Gostou das dicas? Se quiser aprender mais sobre como manter uma rotina financeira saudável, confira nosso curso  de Finanças para Pequenos Negócios.

Post feito em parceria com a Melhor Plano.