Carregando..

Ei, vem cá, me conta: você já pesquisou na internet qual a constelação do seu signo? O conjunto de estrelas que nos acompanha no zodíaco, além de dizer muito sobre nossa personalidade, é também bastante curioso de se observar. E, se você é bastante ligada em signos, vai adorar o nosso tutorial de hoje: vamos aprender a fazer uma constelação bordada, para ocupar um lugar bem especial em um cantinho de sua casa.

A que vamos ver no passo a passo, é a constelação de libra, meu signo. Maaaasss… ali no final, vamos deixar uma surpresinha para que signo nenhum fique a ver navios sem um bordadinho de sua constelação. Vamos começar?

Materiais

Para fazer nossa constelação bordada, vamos precisar:

– bastidor para bordado do tamanho que desejar (o meu vai ser bem pequeno, porque amo bordados minimalistas);

– tecido para bordar (muita gente gosta de usar Linho. Já eu adoro aquele pano próprio para bordar, que vem até com uns furinhos que ajudam bastante a guiar o bordado);

Uma dica: se quiser tecido colorido, você pode comprar corante em pó para tecido e fazer todo o processo de tingimento. É uma delícia ver o tecido ganhando a cor que desejamos.

– linha para bordado na cor preferida (vou usa a preta);

– agulha e tesoura;

– molde da sua constelação (aqui, fiz a minha à mão. Mas você pode, também, imprimir e depois passar para o tecido, utilizando carbono especial);

– um pedacinho de carbono para tecido.

Pronto. Com tudo em mãos, bora começar?

Passo 1 – preparar para o bordado

Cada um faz seu ritual para bordado de uma maneira muito particular. Vou contar a minha, para quem quiser se inspirar:

– primeiro, coloco o tecido no bastidor, bem esticadinho;

– depois, uso um carbono próprio para tecido, para transferir o traço do meu molde (desenho que quero bordar) para o tecido. Pode até usar fita adesiva, para que nem o carbono e nem o desenho/molde saiam do lugar, prejudicando o traço no tecido;

– começo a fazer o bordado, sempre pela parte de baixo (isso é mania minha mesmo rsrs).

Passo 2 – início do bordado

Para a nossa constelação bordada, eu vou usar um único ponto: o chamado ponto atrás.

Ele é um ponto simples, do tipo reto e é muito usado para marcar o contorno do bordado de estilo livre. Para fazer esse ponto, começamos de um lugar específico do tecido. A agulha entra pelo lado avesso para o direito do bordado. Depois, salta-se duas casas e coloca de novo a agulha, no sentido direito para avesso.

Agulha entra pelo lado avesso do tecido

Saltar um pequeno espaço e colocar a agulha do lado direito para o avesso. Depois, do avesso, salta mais um espaço e volta com a agulha para o lado direito.

Em seguida, saltamos de novo duas casas, e colocamos a agulha do lado avesso para o direito, e voltamos para trás, onde terminamos o ponto anterior (eu sei: explicando assim fica difícil entender. Mas aqui embaixo, nas fotos, acho que vai dar para compreender melhor):

Repete esse movimento por todo o bordado.

Passo 3 – finalizar

Pronto. Viu como é fácil fazer o ponto do bordado? Assim seguimos por todo o desenho. Com a constelação bordada já transferida para o tecido, fica mais tranquilo seguir de forma mais precisa.

Com o bordado pronto, é hora de finalizar. Meu avesso não é dos mais perfeitos. Mas como ele fica escondidinho, nunca me preocupei tanto com esse detalhe.

Depois de arrematar dando um nó na linha, está pronto para aplicar onde desejar ou até mesmo deixar no próprio bastidor. Aí, é só esconder por trás os pedacinhos que sobrarem do tecido.

constelação bordada

Viu como é simples fazer uma constelação bordada? E você deve estar aí, se perguntando: como vou fazer a do meu signo? Claro que a gente também pensou nisso. E deixamos AQUI, para download, um arquivo com todas as constelações, de todos os signos. É só separar o seu e começar já a esbanjar criatividade, em sua constelação bordada.

Espero que tenham gostado desse tutorial e se inspirado para espalhar outras ideias e bordados por aí. Se quiser aperfeiçoar mais nos traços, conheça nosso curso de Bordado para Iniciantes.

Até a próxima!

Texto e fotos por Débora Rodrigues.