Carregando..

Quem aí gosta de acessórios? Se for artesanal então, é ainda mais charmoso, né? Trabalhos manuais normalmente recebem um carinho a mais, pois são feitos com dedicação, cuidado e delicadeza, e todo esse afeto é transferido para cada peça. Por isso, hoje vamos trazer um tutorial daqueles inspiradores: faça você mesma o seu próprio colar bordado.

Claro: vale criar também para presentear as amigas, as tias, a mãe… Vamos aprender?

Para fazer o seu próprio colar bordado, você vai precisar de:

– tecido: aqui uso o próprio para bordado (aquele que gente chama de etamine, 100% algodão). Mas muitas pessoas também fazem bordados livres em tecidos comuns, como o linho;

– madeirinha/moldura/mini bastidor: esse é um dos pontos mais importantes do nosso colar bordado. Hoje, é comum encontrar mini bastidores, que cumprem muito bem o papel de moldura para no nosso bordado. É fácil encontra-los pela internet, mas por um valor um tanto mais alto. Uma alternativa mais barata (e que é a que vamos usar aqui) é encomendar, em lojas de MDF (aquele material que parece uma madeira mais fininha).

Aí, o segredo é: pedir ao vendedor, dois círculos de MDF no tamanho que você desejar. Ambos precisam ter um furinho no mesmo local, para poder passar a corrente do colar. E um deles, é cortado no meio, para fazer mesmo essa impressão de moldura. Ficou confuso? Acho que na foto abaixo, vai dar para compreender melhor.

Pela foto, você vai perceber que, para o nosso colar, vamos precisar de duas partes ou dois círculos (o tamanho que uso aqui é de 4,5cm de diâmetro para os dois círculos. O vazado, tem meio centímetro de borda). É necessário ter duas peças: uma vai ser a moldura do bordado e a outra vai ser o fundo, que vai dar o acabamento ao nosso pingente.

Dica: salve essa imagem acima e, quando for encomendar sua moldurinha, leve-a e mostre ao vendedor. Ele certamente vai compreender na hora em que ver a foto.

– corrente para o colar e argolinha dessas de bijuteria (no tamanho suficiente para armarmos nosso “pingente” bordado;

– um pedaço de papelão mais durinho;

– cola para tecido;

– e os materiais básicos de bordado: tesoura, agulha e linha na cor desejada.

Como vocês já viram na foto que abre esse tutorial, vamos aprender a fazer um colar bordado de coração. Bem simples e fácil, mas se você tiver habilidades para fazer outros bordados mais complexos, fica lindo também como colar.

Passo 1 – recorte o tecido no tamanho exato

Para saber o tamanho certinho do tecido, usei a moldurinha/bastidor como medida. Deixei um pouco maior, para ser mais fácil manusear.

Passo 2 – marcações

Ainda utilizando a base moldura/bastidor, desenhei um círculo no tecido. Perceba que esse círculo é justamente do tamanho da parte vazada da nossa moldura. Utilizei-a como molde para garantir um traço mais preciso.

Esse círculo vai ajudar a gente a saber até onde podemos ir, para não correr o risco de fazer um bordado grande ou pequeno demais.

Feito isso, desenhei o coração bem no meio do círculo, que é onde eu gostaria que ele permanecesse.

O mesmo vamos fazer com o papelão: utilizar o círculo como medida, para cortar o papel mais duro do tamanho exato do meio da nossa moldura. Assim:

Consegue perceber como ele é menor, exatamente do tamanho do círculo do meio na madeira?

Passo 3 – cores no bordado

Depois de traçado, é hora de começar a bordar no tecido. Para ser bem simples, utilizei o ponto cheio para preencher meu coração laranja.

Para fazer o ponto cheio, siga os passos abaixo:

  1. Comece o bordado em um ponto específico do desenho.
  2. Coloque a agulha com a linha, do verso do tecido para a parte superior.
  3. De forma que a linha fique bem esticadinha, passe a agulha em outro ponto do desenho, da parte superior para o verso.
  4. Repita esse processo até preencher todo o coração, sempre do verso para a parte superior do tecido.

Saiba mais sobre pontos e traços em nosso Curso de Bordado.

Passo 4 – hora de montar

Com as principais peças do nosso colar bordado prontas, é hora de junta-las para termos a sensação de um pingente pronto.

Com a cola para tecido, cole o círculo de papelão no lado avesso do tecido bordado, como na foto acima.

Com a cola já seca, encaixe a parte de papelão e tecido, no meio da nossa moldura, como se fosse realmente um quadro.

Parece que sobrou muito tecido, né?

Recorte as sobras de tecido, deixando uma quantidade suficiente para dobrar, colar e fazer o acabamento. Deu pra compreender na imagem acima? A sobra menor de tecido, colei no verso do círculo e agora podemos até ver a borda de madeira do nosso colar.

Lembra aquela base inteira de MDF, que só tinha um furinho para passar o cordão do colar? Pois bem: agora, vamos utiliza-la para terminar a fase de acabamento.

– passe cola na parte de madeira inteirinha;

– cole-a na outra parte, que é vazada e já recebeu o tecido bordado, colado no papelão.

Deve ficar assim:

Lembre-se de que é importante que os furinhos menores, fiquem bem juntinhos, para que possamos passar para o próximo passo.

Passo 5 – argolas e correntes

Com o pingente já pronto e seco, utilizando um alicate, vamos colocar a argolinha que vai receber a corrente para conseguirmos usar o colar. Assim:

Coloque a corrente de sua preferência e voilà! Está pronto nosso colar bordado. É só sair por aí esbanjando delicadeza e charme.

Gostou do tutorial de hoje? Esperamos que muitos colares bordados surjam por aí, estimulando a criatividade e os afetos. Aproveite e conheça nosso Curso de Bordado para Iniciantes.

Até a próxima!

Texto e fotos por Débora Gomes