Carregando..

Você ainda associa o crochê àquelas capas para botijão de gás e filtro de barro? Pois saiba que a técnica vem se reinventando: ela ganhou a adesão de pessoas de todas as idades e tomou conta das ruas de grandes centros urbanos. Nós te convidamos a conhecer exemplos de arte com crochê na cidade, onde fio e agulha se tornam matéria-prima para intervenções artísticas poderosas! Vamos?

 

1) O yarn bombing de Julia Riordan

A primeira parada é lá na Europa! A artista Julia Riordan mora em Estocolmo, na Suécia, mas foi em Londres que ela completou seu primeiro yarnbomb. Ficou confusa? A gente explica: esse é o termo estrangeiro que dá nome à arte urbana feita a partir de trabalhos artesanais com crochê ou tricô.

Riordan usa calçadas, muros, grades e canos como plataforma para criar suas instalações, que já atravessaram o Atlântico e foram exibidas em Nova York! A temática feminista e de defesa do meio ambiente é marca registrada do trabalho da sueca, que foge do convencional. Confira!

https://www.instagram.com/p/BghFUmsH1sj/

2) A renda das ruas de Varsóvia

A artista polonesa NeSpoon acredita que a streetart é libertadora. Por isso, optou por decorar o espaço urbano da cidade de Varsóvia com seus trabalhos em crochê, cerâmica e stencil que repetem um mesmo padrão: a renda.

 

O trabalho com fio e agulha chama atenção: forma-se uma espécie de teia instalada em árvores, postes, muros e no interior de galerias. Dá uma olhada:

View this post on Instagram

Installation in Sintra / 2015

A post shared by NeSpoon (@nes.poon) on

3) A combinação marcante do Brasil

Você achou que o Brasil ficaria de fora? É claro que uma cidade tão vibrante quanto São Paulo também seria palco de intervenções incríveis assinadas por mulheres. Um exemplo é Karen Dolorez, artista visual e têxtil que realiza um trabalho político que exalta a figura feminina por meio do crochê.

 

Além de obras em tela e tecido e dos murais no espaço urbano, a paulistana Dolorez assinou o projeto #asfloresdapele, em parceria com o fotógrafo Lucas Hirai. O resultado foi fascinante: uma combinação entre fotos em lambe-lambe — posters colados na cidade — e, é claro, o crochê. A ação chegou a outras cidades brasileiras. Olha o que ela fez em Belo Horizonte:

https://www.instagram.com/p/BTh3JzzDfbd/

 

A criatividade dessas mulheres é inspiradora, né? Você também pode se aventurar pelas artes e assinar trabalhos marcantes e assinar trabalhos únicos e marcantes. Descubra o e-book gratuito O Segredo das Mentes Criativas aqui: