Carregando..

A ansiedade está quase se igualando à depressão no título de mal do século. No Brasil, o problema já ultrapassou a quantidade de pessoas depressivas. O país é o que tem a maior taxa de ansiosos no mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Pelo menos 9% da população brasileira sofrem de algum transtorno de ansiedade, que pode ter como causa diversos fatores, como problemas financeiros ou o estilo de vida agitado das grandes cidades.

As crises vêm do nada e demoram a ir embora, deixando marcas profundas em quem passa por aqueles minutos de agonia. Tremor, boca seca, taquicardia, confusão mental e medo, muito medo, são alguns dos sintomas, que acometem mais as mulheres. Segundo especialistas, as oscilações hormonais do ciclo menstrual, da gravidez e da menopausa podem facilitar o aparecimento do transtorno.

Como se ajudar?
Acompanhar o desenrolar do transtorno com um psiquiatra e um psicólogo é essencial para voltar aos eixos e impedir que ele evolua para casos graves, como a Síndrome do Pânico. Além do tratamento convencional, existem alternativas naturais que podem ajudar na melhora. Não custa nada tentar, né?

– Tome chás
Várias substâncias naturais ajudam a acalmar. Uma xícara de chá de camomila, chá de erva cidreira ou chá verde ajuda a diminuir a ansiedade. É ótimo para facilitar o sono, prejudicado pela insônia.

– Controle sua respiração
Muitas crises de ansiedade têm como gatilho a hiperventilação, um desequilíbrio na respiração, que fica muito rápida. Aprenda a respirar corretamente, inspirando até o diafragma e soltando o ar lentamente. Geralmente, esse controle ajuda a acabar com uma crise.

– Faça exercícios físicos
A ciência já mostrou que mexer o corpo é um bom combate à ansiedade. Os exercícios levam o corpo a expulsar toxinas e a produzir serotonina, o hormônio que dá sensação de felicidade. Tente escolher uma atividade que você goste.

– Relaxe a mente
Muitos médicos e psicólogos indicam técnicas que ajudem a mente a sair da tensão provocada pela ansiedade. A meditação é uma delas: ensina a regular as respostas do corpo a possíveis ameaças. A Yoga também é uma boa opção, pois aborda o controle da mente e do corpo através de técnicas de respiração. Já a acupuntura, aplicação de agulhas em pontos específicos, traz sensação de tranquilidade.
Essas dicas podem te ajudar no equilíbrio mental e facilitar sua luta contra a ansiedade. Mas, não deixe de procurar um médico se está passando por um momento difícil. O tratamento com remédios é indispensável em alguns casos.

Já conhece os cursos criativos da Casa Beta? Clique aqui e saiba mais.